Scroll to top

Porque é que as mulheres também devem trabalhar a extremidade superior?


Sidney Neto - Fevereiro 12, 2019 - 0 comments

As mulheres, quase em geral, não gostam de realizar os exercícios físicos trabalhando a extremidade superior porque acham que vão ficar musculosas como os homens. Ora, isto é muito difícil, por questões hormonais, neste caso a testosterona, um hormônio masculino que dá a vantagem nos homens a facilidade de hipertrofiar os seus músculos e alterações másculas relativamente às mulheres.

Apesar das mulheres também terem este hormônio no seu organismo, a percentagem é baixíssima que nunca vai lhe abrir janelas de grandes massas musculares iguais a um homem, exceto, no caso do uso de esteroides anabolizantes, que acarretam sérios efeitos colaterais para a saúde e, por vezes, fatais.

Por questões da estética e saúde músculo-esquelética é tão importante trabalhar a extremidade inferior como superior. Assim não queremos estar a dizer alguém “um adeus com a mão ou que seu tríceps também esteja dizendo um adeus”. De igual modo, quando usar um t-shirt cava e que seja visível gordura e/ou flacidez nas laterais das suas costas ou tenha os braços e ombros gordos em vez de mais firmes e tonificados, não resulte em desconfortos nas costas por não gostar de realizar exercícios.

Por isso, são tantas as razões (estéticas e de saúde) a importância da inclusão de alguns exercícios para a extremidade superior no seu programa de treino.

Para um certo trabalho mais metabólico com o objetivo de perda da massa gorda é inevitável o uso de mais articulações. Logo, mais músculos para metabolizar mais gorduras como substrato energético, aumentando o metabolismo basal, subjacentes a indispensável junção do trabalho com as duas extremidades para maior efetividade.

Por conseguinte, para que se alcance tão desejado resultado na extremidade inferior, convém um certo reforço/equilíbrio de forças de certas musculaturas da extremidade superior, por exemplo, na realização do exercício agachamento que é direcionado para a extremidade inferior, caso não tiver um core forte, ou seja, os músculos da lombar e dos abdominais forte, podendo dificultar ou mesmo limitar a progressão do exercício ou mesmo surgimento de desconforto na sua realização.

Finalmente, não deve esquecer que os músculos da extremidade superior também são “músculos”, que têm de ser trabalhados para criar um certo equilíbrio.  E,  que se nós os temos é porque têm uma certa função igual aos outros, e que se considere a insegurança ou dúvidas na realização de qualquer exercício da extremidade inferior ou superior, a obrigação de consultar um profissional de exercício físico para uma melhor aprendizagem, maior confiança e motivação na sua  execução, sendo esta a melhor decisão na prevenção de risco de lesão. 

 

Sidney Neto – Personal Trainer
www.sidneyneto.pt

Related posts

Post a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *